Ads Top

Confissão.


Romeo | via Tumblr

Sabe aqueles dias frios em que a gente sentava na frente da tv vendo aqueles programinhas bobos, mais que a gente amava? Eu sinto falta daquilo. Sabe quando você ficava me encarando e eu ficava vermelha de vergonha, e você dizia que o meu sorriso era o mais lindo do mundo quando eu tava assim? Eu também sinto falta daquilo. Eu sinto falta das noites em que você me dizia que não queria dormir só... Então a gente deitava juntos, e ficavamos olhando pro teto, e para os olhos um do outro, e ficava imaginando tanta coisa, só imaginando... Eu ficava toda feliz quando você me chamava por todos aqueles nomes fofos, que eu amava, mais dizia que detestava, só para ouvir você me chamar daquilo mais uma vez.

Eu sinto falta dos momentos em que a gente ia caminhando até a escola, quando você dizia que não importa o tamanho da caminhada, você sempre estaria comigo, e que caminhar comigo... Te dava forças para seguir em frente. Eu sempre falava bem baixinho no seu ouvido, que o que eu via nos seus olhos... Eu jamais buscaria em um outro alguém, que tudo o que vivenciamos, seria um algo que eu levaria para sempre, mais eu nunca cheguei a pensar em um fim... Bom, já. No fim do amor dos outros, não no nosso, eu sabia sempre que o que a gente tinha, era algo verdadeiro, que não dava para ser medido por metros, léguas, centimetros, e nem por nada disso.

Você não sabe, por onde andei depois de tudo amor, ou será que sabe? Bom, eu tenho andado pelos caminhos que a gente não percorreu, os que andamos.. Me fazem sofrer, eu queria ter um minuto ao seu lado para poder me despedir, ou para falar de tudo o que não falamos, para recuperar o tempo perdido, e claro.. Para olhar nos seus olhos, e bem lá do fundo recuperar todas as palavras que eu deixei se perder no tempo,  dizer para você. Por que eu não sei mais por quanto tempo mais, eu irei conseguir guardar tudo isso só para mim. Eu não sei por quanto tempo, eu serei aquele garotinho de uns tempos atrás que conseguia ser feliz só com lembranças. Eu sou um homem hoje, e como todo homem precisa de algo real, deixar a fantasia de lado, e procurar um algo mais concreto, um algo que eu sei que vai durar, um algo que eu sei que estará sempre do meu lado, me apoiando, me dando forças, enfim... Comigo.

E que se esse encontro não ocorrer... Que ao menos em meus sonhos eu possa te possuir, que ao menos em meus sonhos, todos aqueles beijos que poderiamos ter dado, ocorram.. Que em meus sonhos, você nunca me diga a Deus. E que assim, possamos conseguir ser felizes.. Sem pensar no amanhã, sem pensar nas consequencias, sem pensar no bem e no mal que iremos correr. Sem pensar nos frutos que iremos ou não correr. Te espero... E sempre vou esperar.

A escritora:

Cybelle Santos.Gosta de ser chamada de Cyh ou Nina, tem 21 anos, mas costuma dizer que tem um coração de 17. Mora em São vicente,São paulo. Está cursando publicidade e propaganda, é blogueira por prazer e escritora por paixão.Pretende ainda cursar jornalismo, lançar um livro( que está prestes a sair) e conhecer Austrália, EUA e Inglaterra. É viciada em livros, filmes, seriados, histórias, música e palavras. Blog | Twitter

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.