• NOVIDADES

    sábado, março 11, 2017

    A árvore generosa — Shel Silverstein

    ISBN-13: 9788574067537
    ISBN-10: 8574067539
    Ano: 2017 / Páginas: 64
    Idioma: português 
    Editora: Companhia das Letrinhas
    Compre


    Todos os dias um menino vai até uma árvore para se pendurar em seus galhos, comer suas maçãs e descansar sob sua sombra. O menino ama a árvore; e ela, feliz, o ama também. Porém, à medida que o tempo passa, o garoto cresce e começa a desejar mais do que a simples companhia de sua amiga para brincar e repousar. Ele passa a querer dinheiro, uma casa, uma esposa... E a árvore, sem muitos recursos para ajudá-lo mas disposta a qualquer coisa para vê-lo feliz, vai se desfazendo aos poucos, mostrando que, pelo amor do menino, pode abrir mão de sua própria vida.

    Neste clássico da literatura infantil, um menino e uma árvore têm uma relação muito especial. Dia após dia, ele come suas maçãs, brinca em seus galhos e descansa sob sua sombra. Porém, à medida que vai crescendo, fica cada vez mais exigente em seus pedidos, e a árvore, mesmo com poucos recursos mas cheia de amor, continua a fazer tudo o que ele quer.
    Um clássico da literatura infantil enfatizando mensagens e reflexões acerca da vida usando metáforas. Esta é uma das histórias mais adequadas para o publico infantil nos dias atuais, ela narra a essência do ser humano desde sua infância. Com desejos aflorados e vontades cada vezes maior, a árvore generosa pode ser considerada a personificação de uma mãe. 

    Um garoto foi criado sob a sombra de uma árvore. Tudo o que ele queria, ela lhe proporcionava, frutos, sombra, descanso e o que mais fosse necessário para ver a alegria estampado no rosto do garoto. Com o passar dos anos, o garotinho vai crescendo e se tornando cada vez mais exigente com relação aos pedidos que efetuava para árvore, até que um dia ele pede algo que na pior das hipóteses, poderia vir a ser o último pedido.

    O garoto passa a desejar o que todos nós queremos em nossas vidas: Um lar feliz, um alguém para compartilhar nossos desejos e momentos e uma casa própria. Reconhecendo que talvez os pedidos não possam ser supridos por ela, a árvore começa a pensar em como fazer para realizar tal façanha, visto que, ela está impedida de se movimentar ou correr atrás dos sonhos do garoto, porém, ela deseja vê-lo feliz a todo custo, até que um dia ela decide tomar uma decisão que mudaria o rumo do relacionamento com o garoto, e que talvez, viria a ser o último.

    Shel Silverstein nos trás uma narrativa leve e despretensiosa acerca dos desejos e anseios do ser humano desde sua infância. A criança é a personificação da ganância e da preguiça: Quer tudo, porém, não quer fazer nada. A árvore é como se fosse uma mãe, faz tudo o que está ao alcance para ver a felicidade no rosto do filho, porém, a criança quer sempre cada vez mais.

    Um livro repleto de uma escrita simples e doce que nos leva à refletir em conjunto com as crianças. Um trabalho louvável para trabalhar-se em salas de aula com crianças que precisam desenvolver um senso crítico de responsabilidade desde cedo acerca da vida e dos valores nela estabelecidos. Afinal, quem não quer uma vida fácil? Todos nós queremos. Porém, o livro também pode apresentar uma série de outras reflexões, podemos enxergar a árvore como uma figura real, ou seja, a mensagem também pode ser a preservação do meio ambiente e os diferentes recursos que temos e recebemos da natureza, e enfatizar a necessidade de preserva-la.

    Nenhum comentário: