Ads Top

[RESENHA#104] Ilusões — As aventuras de um messias inseguro, Richard Bach

ISBN-13: 9788501011947
ISBN-10: 8501011940
Ano: 1977 / Páginas: 156
Idioma: português
Editora: Record

Compre: Amazon | Saraiva | Cultura | Walmart 
Avaliação: 10/10 — Favorito!

E se você pudesse voar? E se encontrasse com o messias e pudesse perguntar-lhe diretamente como alçar voo? Richard Bach (80) autor norte-americano, escritor do premiado Best-Seller Fernão Capelo (gaivota), agora trás-nos forte reflexões acerca da vida, dos sentimentos, das decisões e sobretudo das ilusões que rondam nosso ser, cotidiano e nossa identidade. Bach dedicou toda sua vida à ser piloto reserva da força aérea, onde dedicou seu tempo com todo fervor e amor pelas alturas, desde então, seus livros começaram à transmitir em suas páginas, todo o amor do autor pelas alturas. 

Você ensina melhor aquilo o que precisa aprender — página 45

Em Ilusões, iremos conhecer Donald Shimoda, uma figura peculiar que aparece para Richard e lhe apresenta uma série de ensinamentos, todos eles feitos em forma de parábola. Em um sequencial magistral, o autor nos transporta de nossa zona de conforto, para a realidade tal como ela é, simples de ser vista, vivida e compreendida, longe de toda dificuldade imposta pelo homem com suas limitações. Assim como David, Donald é apaixonado por aviação e também dirige um avião de pequeno porte realizando voos por onde vai por um preço de três dólares á cada dez minutos.

O livro inicia-se com pequenas estrofes separadas em pequenas numerações, como se fossem versículos da bíblia, apresentando-nos a vida de nosso messias (ou Ser) Donald Shimoda e todas suas particularidades que o levaram a estar onde está atualmente.

Donald é uma figura cativante, curiosa e com atributos únicos capazes de despertar a curiosidade de todo e qualquer interlocutor, todos os seus voos faziam multidões de pessoas aproximar-se para voar nas alturas — E assim foi que ele seguiu para os campos, e as pessoas que o seguiam, começaram a chama-lo de messias e fazedor de milagres; e, como eles assim acreditavam, assim era — página 09 — Eis neste trecho, todo o esplendor dos ensinamentos que viriam sucessivamente.

E se esta VIDA é uma ilusão, por que vivemos — página 64

Por que vivemos? por que sonhamos e investimos nossos sonhos, cartas e moedas em um destino que não é certo? Aliás, por que acreditamos que não somos capazes de determinadas coisas, quando na verdade tudo trata-se de pensamento positivo? Pense, materialize, imagine-se conquistando e você conseguirá. Este por incrível que pareça, é um livro de auto-ajuda, e acredite, ele consegue fazer o que nenhum outro livro do gênero consegue: Cativar e apresentar um enredo muito bem trabalhado acerca das necessidades daqueles que buscam saciedade por respostas.

Conheceremos o lado de um messias que muitos não conhecem, aquele que carece de ouvidos atentos à ouvir suas palavras, e não de multidões estiradas ao chão interessadas tão somente nos milagres, pessoas que o buscam somente pelo o que ele pode oferecer, e não pelo o que ele de fato é.
Estava morrendo devido a sua necessidade de dizer o que sabia, e ninguém se interessava em saber — página 73
O messias que consegue entregar sabedoria com poucas palavras, bons exemplos e o melhor de tudo, com exemplos vivos, vindos de uma conduta pura e direita. Em dado momento, Richard e Donald conversam sobre cinema, ambos chegam ao consenso de que o filme só atrai multidões e pessoas pelo fato das pessoas espelharem suas vidas no cinema, ou por ser uma realidade quase que "palpável" acerca do que podemos ou não ter algum dia em nossas vidas. Eis que surge um questionamento que nos faz pensar:

— E um filme é como uma vida, certo?
— Sim
Então, por que alguém escolhe uma vida má, um filme de terror?

Se o filme atrai público por ser uma realidade mais próxima e palpável ou diga-se de passagem, que o filme desperta desejos, vontades e sonhos nos telespectadores, por que alguém optaria em ver um filme de horror, quando existem tantos outros filmes para serem vistos?

Aprender é demonstrar aquilo o que você já sabe, FAZER, é demonstrar que você o sabe. — página 44
Você pode fazer o que quiser, como quiser, quando quiser e da forma como quiser. Imaginar que você é capaz, é o primeiro passo para conseguir obter êxito em uma performance para vida, sem ensaios, só pensamento positivo.

O tempo todo aprendemos com Donaldo, o personagem — messias — traz-nos uma visão renovada acerca da vida, dos momentos passageiros e de nossas vontades, desejos e sobretudo, de nossas ilusões e do poder que temos sobre elas. 

E esta talvez seja a frase mais impactante para finalizar:

— Richard, não se esqueça do que você fez aqui hoje. É fácil esquecer nossos momentos de conhecimento, pensar que foram sonhos ou velhos milagres, um dia. Nada de bom é milagre, nada de lindo é sonho [...]

Um enredo nada  comum, porém, muito bem trabalho. Richard Bach, como sempre, nos proporciona momentos de reflexão, de risos, de lágrimas e um misto de aprendizados. Ilusões é o tipo de livro que nos trás de volta para realidade acerca de nossas vidas e nos impõe a seguinte questão: O que você está fazendo com a sua vida que você não está fazendo o que quer fazer, se você pode tudo?

►► Compre seu exemplar: Amazon | Saraiva | AmericanasSubmarino | Livraria Cultura

SOBRE O AUTOR

A principal ocupação de Bach foi como piloto reserva da Força Aérea e praticamente todos os seus livros envolvem o vôo de certa maneira, desde suas primeiras histórias sobre voar em aeronaves até suas últimas onde o vôo é uma complexa metáfora filosófica. Bach alcançou enorme sucesso com Fernão Capelo Gaivota, sucesso este não igualado por seus livros posteriores; entretanto, seu trabalho continua popular entre os leitores. Richard Bach usava a internet no princípio dos anos 90 com sua própria seção na Compuserve, de onde respondia e-mails pessoalmente, até que a enorme demanda o obrigou a largar o passatempo. Ele também mantinha um website, que , a partir de novembro de 2005, passou a apenas possuir uma ligação (em inglês) para a venda do livro "Messiah's Handbook Reminders for the Advanced Soul" (Manual do Messias - Um guia para a alma avançada).
Tecnologia do Blogger.