• NOVIDADES

    terça-feira, maio 23, 2017

    [ENTREVISTA] Vina Ferreira, autora de "Eternidade"

    Vina Ferreira | Acervo Pessoal | Divulgação

    Vina Ferreira é pseudônimo utilizado pela autora Shirley Spernega, 50 anos, vive em Barra Bonita, uma pequena cidade do interior de São Paulo, com seu marido e com seus quatro cachorrinhos que foram resgatados da rua em situação de abandono. É graduada em Pedagogia e Secretariado Executivo Bilíngüe, gosta muito de ler livros de fantasias e sobrenatural, adora cinema e tem um gosto bastante eclético para filmes e músicas. Leitora voraz, que num dia qualquer, decidiu compartilhar sua inquietude com o mundo, permitindo que seus fantasmas saíssem do esconderijo obscuro de sua mente, se transformando em histórias picantes, repletas de amor e fantasia. Vina Ferreira é um alter ego, que veio para demarcar o território do erotismo em seus livros, através de uma linguagem ardente e muito sensual.


    1.    Quando você percebeu que seu destino era se tornar um escritor?

    R: A minha inspiração para escrever foi algo muito singelo,  confesso que eu nunca tinha me imaginado como uma escritora, foi um processo bem natural. Eu estava um dia no aeroporto de Guarulhos, esperando meu vôo para uma viagem de trabalho, como eu tinha que esperar por volta de duas horas e meia, abri meu computador e comecei a escrever as primeiras páginas do ETERNIDADE. Foi um momento muito “eu comigo mesma”, escrevi 40 páginas, salvei o arquivo e fiz a minha viagem. Isso aconteceu em 2011 e eu não voltei mais a mexer no arquivo até 2015.
    Eu sempre li muito e tenho uma mente muito agitada, minha cabeça fica procurando coisas para fazer o tempo todo e eu não sou do tipo de pessoa que assiste TV, em 2014 meu trabalho deu uma reviravolta, pois eu viajava toda semana, era bem dinâmico, mas ai eu parei de viajar e comecei a me ver em casa todas as noites sem ter o que fazer, de repente, do nada, me lembrei do arquivo de 40 páginas e tive um insight, procurei o arquivo e recomecei a escrever, foi um momento mágico! Tanto que em duas semanas eu escrevi um livro de 538 páginas.

    Eu descobri que escrever me possibilita viajar por mundos que só existem na minha mente e isso me deixa em êxtase. É delicioso quando alguém que você não conhece lê a sua história e fala coisas como; “a história é linda”, “me fez chorar e rir ao mesmo tempo”, é bom saber que outras pessoas podem viajar num mundo criado por mim, que também sentem as mesmas emoções, acho isso fantástico e isso, me renova. A cada manifestação que recebo das pessoas que leram o Eternidade, é uma emoção diferente, faz eu me sentir viva, feliz e eternamente agradecida por saber que posso compartilhar as minhas fantasias, que existem outras maluquinhas como eu, essa é a grande magia de escrever e é disso que eu mais gosto.

    2.    De onde vem os personagens? Só frutos de muita imaginação ou são baseados em pessoas reais?

    R: No Eternidade, os personagens vieram a minha mente naturalmente, não fiz nenhum levantamento ou pesquisa para a escolha dos nomes que usei, apenas aceitei o que a minha imaginação decidiu.  Só o nome da cachorrinha que aparece na história não foi aleatório, ela realmente existe e atende pelo mesmo nome que coloquei no livro.
    Já no Universo Obscuro, os personagens foram inspirados em pessoas reais, todos eles. Eu apenas mudei os nomes para não criar nenhum constrangimento, mas eles existem e alguns ainda são meus amigos e conversamos sempre.

    3.    Quais seus autores favoritos? Estes livros de alguma forma, influenciaram diretamente na sua escrita?

    R: Eu amo ler livros de fantasia, sobrenatural, li os livros da Sherrilyn Kenyon, da Lara Adrian e amo a série IAN (Irmandade da Adaga Negra) da J.R. Ward, acho que esses livros foram uma inspiração para mim. Mas eu curto muito ler e sou bastante eclética, leio de tudo um pouco.

    4.    Já aconteceu de você conhecer alguém que leu sua obra, ou que estava lendo?

    Sim, pelo facebook recebi várias manifestações, outro dia recebi um recadinho de uma blogueira dizendo que tinha lido meu livro no kindle e que tinha adorado, tanto que me procurou no face para poder me contar que tinha feito uma resenha do meu Eternidade, foi muito legal e depois de nos conhecermos, ela leu também o meu Universo Obscuro e fez uma outra resenha super bonita, foi um dos meus melhores momentos.

    5.    Atualmente uma das maiores dificuldades encontradas por autores é publicar o livro no formato físico, até mesmo pelos valores altíssimos cobrados por algumas editoras. Você encontrou alguma outra dificuldade para publicar ou desenvolver sua obra?

    R: Eu ainda sou muito bebê no mundo literário, estou engatinhando, mas eu acho que fui uma pessoa muito abençoada ao encontrar, por acaso, a Editora Illuminare no meu caminho, minha amiga Rô Mierling (autora do livro Diário de uma Escrava), teve muita paciência em me explicar os primeiros passos e eu, sou uma pessoa muito detalhista, gosto de saber como tudo funciona nos mínimos detalhes, sou uma ariana persistente (rs). A Rô me deu os caminhos e me mostrou muito de como funciona o mundo literário, ela foi muito transparente e por conta disso, eu não encontrei tantas dificuldades. Acho que as dificuldades que eu tive, foram as mesmas de qualquer pessoa que decide andar em um novo caminho e com certeza,  a principal delas é o financeiro. No meu caso, como eu moro  no interior, tenho que gastar com viagens para poder participar dos eventos literários, que geralmente acontecem nos grandes centros, também é preciso investir na divulgação e por fim, tem os gastos com a materialização do livro. Todo mundo que escreve sabe, que escrever é a parte mais fácil de um livro, nossa imaginação flui e o prazer de colocar no papel o que trazemos na alma é algo delicioso e viciante, mas materializar isso em um livro é algo muito trabalhoso, pois é necessário, revisar, diagramar, revisar de novo, desenvolver a capa, encontrar parceiros para apresentar o livro, escrever a orelha, revisar de novo e finalmente encaminhar para a gráfica e ficar em cima para que o produto final seja perfeito. Tudo isso tem um custo, ninguém trabalha de graça, se bem que eu tive bons amigos que fizeram muitas coisas sem me cobrar um tostão. Mas na maioria das vezes não é assim que funciona, portanto, essa é a parte mais difícil de se realizar o sonho de publicar um livro.  Para mim foi uma experiência fortalecedora, como eu falei, encontrei muitas pessoas de bem no meu caminho que me ajudaram porque gostam de mim, amigos verdadeiros fazem isso e graças a Deus eu tenho vários na minha vida e toda a parte de capa e diagramação é feita pelo meu marido, que é artista gráfico. Meu ETERNIDADE já está na sua segunda edição, portanto, dificuldades existem e sempre vão existir, mas quando acreditamos no que fazemos e fazemos com amor, a nossa força é tanta, que o universo conspira a nosso favor. Eu acredito muito nisso!

    Capa oficial do livro "Eternidade"
    6.    Você costuma recorrer à opiniões de terceiros durante o processo de escrita de um livro? Se sim, por que?

    R: Olha, eu acho que recorrer a opinião de terceiros não, mas eu gosto de passar o meu manuscrito para minha leitora beta, pois ela já conhece o meu estilo de escrever e gosta de histórias de fantasia, romance e erotismo. Ela geralmente lê e me ajuda a verificar se a história está dentro do contexto da série e avalia. Isso é bom, porque quem escreve nem sempre consegue enxergar as falhas e acredite, elas existem.

    7.    Quanto tempo demorou até que seu livro estivesse finalmente finalizado?

    R: Meu Eternidade eu demorei mais ou menos uns 6 meses para publicá-lo em papel, apesar de ter publicado a primeira e segunda edições pela Editora Illuminare, fiz numa quantidade pequena, 150 unidades, pois a editora me cedeu o selo, ISBN, me orientou no lançamento e ajudou na divulgação inicial do livro. Já o Universo Obscuro eu lancei apenas no formato digital, demorou mais ou menos uns 3 meses contando de quando comecei a escrever até publicá-lo. Agora estou trabalhando para fazer mais uma leva do Eternidade e também do segundo livro da série, que chamo de Novo Mundo, mas agora vou lançar como autora independente, acredito que até o final do ano consigo concretizar esse sonho.

    8.    Pretende escrever outros livros dentro do gênero do primeiro livro?

    R: Sim, tenho um projeto para publicar os outros livros da série Novo Mundo. Eternidade é o primeiro, é o carro chefe de uma série de 4 livros que já estão prontos no meu computador desde o ano passado. Eles precisam passar pelo processo de revisão, diagramação, capa e tudo mais que é necessário para publicação e se Deus me ajudar, me der forças para eu continuar na labuta, quero publicar todos no formato físico e e-book. Os livros são histórias individuais, mas todas elas estão interligadas, pois tudo se inicia com o ETERNIDADE. O segundo livro se chama REENCONTRO e vai contar a história de Andrew e Mariana, já está pronto e sendo revisado por uma amiga querida, Luciana Dolce, ela é professora de Inglês/Português e está fazendo a revisão gramatical, assim que terminar vou iniciar os tramites para publicação, pretendo fazer o lançamento ainda este ano. O terceiro se chama RECOMEÇO, contará a história de Jean e Alice e o quarto e último livro da série se chama LIBERTAÇÃO e contará a história de Bob e Angel. As histórias são completamente diferentes, mas todas elas envolvem, fantasia, amor, erotismo, drama e muitas surpresas.

    Vina Ferreira | Assessoria | Divulgação

    9.    Qual o pior inimigo de um autor?

    R: Não ser lido. É muito triste quando você escreve e ninguém se interessa por ler a suas histórias, graças a Deus eu não passei por isso.

    10. O que você faz quando uma ideia maravilhosa surge enquanto você está fora de casa e precisa registrar aquela ideia?

    R: Uso o bloco de notas do meu celular e anoto tudo.

    11. Você acha que escrever enquanto se ouve uma trilha sonora de fundo, da inspiração ou atrapalha?

    R: Eu não curto muito, o barulho da musica me impede de ouvir os gritos da minha mente. Mas, as vezes quando escrevo uma cena especial, ai sim escrevo ouvindo uma música específica para o momento, por exemplo, eu escrevi uma cena que o Jean faz um  striptease para a Alice, então coloquei um musica do ACDC e vi a cena na minha cabeça, os movimentos e tudo mais, resultado a cena ficou ótima! Espere pra ver.

    "Universo Obscuro"
    12. De tudo o que você já escreveu, tem algo em especial que se orgulhe? Algum trecho, personagem ou tema?

    R: Eu tenho muito orgulho de todos os meus trabalhos, mas o meu Eternidade sempre será especial, afinal ele foi o meu primeiro trabalho e eu adoro a história, tem muito de mim nele.

    13. Como foi a receptividade do seu público com relação a sua escrita? Você acha que se surgisse a oportunidade de vendê-lo para fora do país, a receptividade seria mesma?

    R: De verdade Vitor, eu não faço ideia de como seria vender o meu livro fora do País, mas eu tive uma experiência muito positiva com a Editora Illuminare. Quando nós lançamos a primeira edição do Eternidade, eu participei de alguns eventos em Buenos Aires. Participei da feria del Libro e também do Circulo do Livro organizado pela CCBBA - Centro Cultural Brasil Buenos Aires e foi muito interessante. Eu levei os meus livros em português e vendi 10 unidades num País onde se fala espanhol e nem todos os leitores que compraram eram brasileiros. Eu também coloquei o Eternidade em espanhol na amazon.com, mas foi pouco baixado.
    Já no Brasil a receptividade foi fantástica, eu realmente não tinha ideia de que tantas pessoas leriam o meu livro, recebi ótimas avaliações, algumas de amigos, algumas de blogs e outras de pessoas que nem sei que são, além das manifestações no facebook, enfim, essa é a melhor parte de ser autora, saber que as pessoas viajam na sua história, que gostam e se divertem, porque afinal, é isso que importa, se divertir e ser feliz!

    Quem estiver interessado em ler meus livros
    R: Quem se interessar pelo livro físico por me procurar na minha página do facebook https://www.facebook.com/vina.ferreira.98 ou enviar um e-mail para vinaferreira4@gmail.com  ou se quiser ler no formato digital, os meus dois trabalhos, Eternidade e Universo Obscuro, estão na amazon.com por R$ 5,99 e também, disponível no “KindleUnlimited”, vou deixar o link: https://www.amazon.com.br/s/ref=nb_sb_noss?__mk_pt_BR=ÅMÅŽÕÑ&url=search-alias%3Daps&field-keywords=vina+ferreira


    Beijos e obrigada pela oportunidade