Ads Top

[RESENHA #137] Ácido & Doce — A rosa fatal, Raphael Miguel

Acervo Pessoal | Ácido & Doce | Xeque-Matte | Divulgação

Apesar de desolado com a partida de sua amada amiga Lívia G. para tentar realizar o sonho de se tornar uma modelo internacional na França, Alejandro Vidal Braga seguiu em frente e tornou-se um rapaz ambicioso, totalmente movido pela ganância, embora dono de uma personalidade dúbia que o deixa em xeque. Mas, o retorno de assuntos do passado promete fazer com que Alejandro tenha que adotar novas posturas de atitude e comportamento ao ponto de tornar-se irreconhecível aos olhos dos próprios pais em busca de aceitação e identidade própria. --- Eveline é uma jovem bonita, charmosa e atraente que guarda muitos segredos de um passado nebuloso e sombrio. Ainda que seus motivos sejam desconhecidos, a garota misteriosa parece estar determinada a terminar de destilar seu plano de vingança contra o homem que lhe fez sofrer. Eveline tem contas para acertar e ninguém poderá ficar em seu caminho. --- Acompanhe a trama de ÁCIDO & DOCE sob a ótica de dois personagens e prepare o coração para se impressionar do início ao fim com um enredo inovador repleto de reviravoltas, subtramas, conspirações, encontros e desencontros. Com pitadas de suspense, erotismo, drama, mistério e intrigas, ÁCIDO & DOCE é um romance urbano diferente, sensual, eclético e frenético que promete muitas surpresas. Experimente diversas sensações que irão do ácido ao doce em cada página.

Mais ácido do que Doce. Ácido & Doce não é o primeiro trabalho do autor botucatuence Raphael Miguel. Autor assíduo de antologias, Raphael mostrou-se promissor na arte da escrita e lançou no ano de 2016 seu livro "Criaturas do Submundo", através da editora Wish e no ano anterior lançou o livro "Marcas Eternas", em parceria com o autor carioca Rodrigo Barros. Ácido & Doce é o seu trabalho recente e foi lançado este ano através da Editora Xeque-Matte.

Narrado entre as intercalações de primeira pessoa de seus personagens principais, Ácido & Doce conta-nos a vida de Alejandro, um jovem de vinte e cinco anos que vive com seus pais e leva uma vida como qualquer outra. Nina sua mãe, é argentina e nunca empenhou-se em aprender o português brasileiro, mesmo sendo casada com Joaquim que é português. Alejandro trabalha em uma seguradora chamada Munhoz, na qual empenha-se e tem orgulho, afinal, é através do seu cargo de alto nível que ele aplica seus golpes em clientes e consegue faturar uma boa quantia com seu jeito canastrão de ser. Do outro lado, iremos conhecer Lívia G., a adorável e doce garota que nos é apresentada no prefácio do livro durante a saída da aula de francês, onde Alejandro à aguarda ansiosamente com uma rosa e uma carta para entrega-la, porém, com o passar do tempo Lívia muda-se e Alejandro vê-se obrigado a seguir sua rotina e chegando a tornar-se o homem que é atualmente.

O tempo passa, e iremos aprendendo um pouco mais do que tornou-se Alejandro. O homem "amadureceu" suas ideias e planos para vida e ganha uma boa quantia trabalhando na seguradora e ajuda os pais em uma loja de móveis na qual os pais possuem. Em determinado momento Alejandro encontra um amigo de infância ao qual chama de Roberto Chamas, mais conhecido como Robert Fire, que tornou-se uma grande estrela do Rock'n Roll e começa à aproximar-se demasiadamente do amigo, que terá um papel crucial e fundamental no desenvolver desta história. Também teremos a oportunidade de conhecer a doce, sedutora e irresistível Eveline, que acabou de chegar da França em busca de um suposto tio que por um motivo ou outro, está internado em uma clínica psiquiátrica. Seu real intuito é conseguir arruinar o homem que encontra-se internado.

Acervo Pessoal | Ácido & Doce | Xeque-Matte | Divulgação
Em uma narrativa deliciosa e repleta de muito erotismo, Raphael Miguel conduzi-nos como leitores à experiências incríveis. Algumas delas confesso que tiraram todo o meu fôlego. É incrível como este autor possui uma criatividade sem limites e um dom indescritível para narrativas. Eu iniciei a leitura deste livro à meia noite e o finalizei às 3 horas da manhã, ou seja: VICIANTE, impossível desgrudar os olhos.

A narrativa mostra-nos de forma magistral, a rotina de Alejandro e de Eveline. O incrível de toda esta obra é a capacidade do autor em despertar desejos, sensações e momentos de puro prazer com uma intercalação de falas, pensamentos e rotinas entre os personagens sem deixar o leitor confuso, realmente uma obra para ser lida e relida.

Aliás, a narrativa também irá deixar claro o que houve com Lívia G, quem é o homem que encontra-se internado na clínica psiquiátrica e o porque do interesse de Eveline em arruína-lo. Uma história ácida em alguns aspectos, doces em outros e incrivelmente cativante. 

COMENTÁRIOS PESSOAIS

Acervo Pessoal | Ácido & Doce | Xeque-Matte | Divulgação

Confesso que eu demoro para ler um livro, até mesmo por que eu gosto de prestar atenção nos detalhes, só que com este livro foi muito diferente. Eu não só li, como consumei em todos os sentidos. A escrita de Raphael Miguel é tão fantástica que é impossível explicita-la em linhas, acho que não existem palavras necessárias capazes de mostrar o quanto esta foi uma leitura satisfatória. É o primeiríssimo livro do catálogo da editora Xeque-Matte que recebi, e acreditem ou não, estou ansioso pelo próximo.

Esta é uma narrativa QUENTE, sensual e gostosa. Cenas, palavras e momentos de muita tensão, e um final extremamente chocante. Aliás, o final é melhor de tudo, por que o autor indaga-nos acerca de uma possível continuação com uma simples questão: "Continua?". Honestamente, espero que continue SIM. 

NADA de clichê, previsível ou chato nesta obra. Aqui iremos discorrer sobre o melhor que a literatura brasileira tem a oferecer.

SOBRE O AUTOR

Raphael Dal Farra Miguel Jorge nasceu em uma manhã chuvosa e fria no ano de 1987 na remota e charmosa cidade de Botucatu, Estado de São Paulo, Brasil. Desde muito cedo demonstrava natural interesse pela escrita e pelo lúdico. Graduado em Direito, pós-graduado em Direito Ambiental, especialista em Direito do Trabalho, atua como consultor jurídico, advogado e defensor público. Bem casado, é pai da menina mais linda do mundo. Cristão. São-paulino. Entusiasta da cultura pop, apaixonado por rock, aficionado por quadrinhos, filmes, séries e livros, mantém uma coluna intitulada O Top do Pop na Revista Varal do Brasil. Tem a escrita como hobby e participou de diversas antologias.
Tecnologia do Blogger.