Ads Top

[RESENHA #196] Amor a Segunda Vista, de A.C Nunes

Capa Oficial do livro "Amor a segunda Vista" | A.C Nunes

NUNES, A.C. EDITORA HOPE, 2017, 480p. 1º Ed B01M2X3Y7E R$ 34,90

SINOPSE:  Alfredo Hauser é um cretino sem coração. Galanteador, ele usa sua beleza para atrair as mulheres por quem se interessa e depois de usá-las, as descarta. Numa dessas surpresas da vida, conhece Lívia Diniz e decide conquistá-la mesmo sabendo que ela é namorada do irmão mais velho. Como sempre, após a primeira noite de amor, ele tem de abandoná-la e a induz a descobrir a verdade. Sua atitude feriu Lívia profundamente e gerou conflitos intensos e constantes com o irmão. Na esperança de amenizar os ânimos e fazer com que o filho caçula se torne mais responsável, sua mãe vê como única saída mandá-lo para fora do país, afim de que o rapaz estude para assumir os negócios da família no futuro.


Alfredo volta, dez anos depois, e, de certo modo, totalmente mudado e irreconhecível, porém o mesmo canalha de sempre. Na sua primeira semana de volta ao Brasil, conhece uma mulher exuberante e sexy, com quem passa uma noite. Mas, no dia seguinte, ele acorda sozinho, experimentando do seu próprio veneno, sem saber o nome dela, sem número de telefone. Alfredo não é capaz de esquecê-la, nem o sexo que tiveram. Para sua surpresa maior, os dois se reencontram, e a misteriosa mulher é Lívia Diniz — a ex-namorada do passado.

Se vendo perdidamente apaixonado por alguém que tanto magoou, Alfredo quer reconquistar seu amor e confiança e provar que pode ser um novo homem. Mas como se não bastasse a indiferença de Lívia, ele terá de competir com o irmão mais velho, com quem ele nunca se deu muito bem, e com quem Lívia mantém uma relação aberta.
Amor à Segunda Vista é um romance protagonizado por dois irmãos que nunca se entenderam muito bem lutando pelo amor de uma mulher magoada o suficiente para não se render a um cretino outra vez e nem se apaixonar pelo príncipe encantado.


 
Foto Arquivo Pessoal da Autora

Se existe algo que Alfredo Hauser adora na sua vida confortável é aproveitar a noite com bebidas e festas e claro, conquistar mulheres. Quanto mais belas e difíceis, mais atiça sua libido de caçador. Um bom desafio nunca deve ser menosprezado, afinal são eles que animam a vida e seu ego. Pelo menos, é assim que ele pensa.

Alfredo é o típico cafajeste galanteador. E faz isso a tal perfeição que não está acostumado com a derrota. E para evitar perder, qualquer coisa que seja, mesmo que uma simples discussão, acabou ao longo dos anos de sua criação financeiramente ótima e uma mãe que sempre o protegeu, criando artifícios e armadilhas para não dar chance as presas. Dissimula, fingi, cria uma personalidade cativante o que torna ele um homem adorável de primeiro momento.

Uma das pessoa que sabe exatamente como ele é e não cai em seus encantos é seu irmão mais velho, Henrique Hauser. Um homem centrado, correto, trabalhador que assumiu a empresa da família e gostaria que seu irmão fosse mais responsável para um dia fazer o mesmo.
Claro que essa relação dos dois será explosiva e um dos pontos altos do livro. Gerando diálogos afiados e tensos que o leitor vai sentir com certeza.

Mas se essa rivalidade entre os dois não fosse suficiente. Imagina quando Alfredo se encantar e querer como troféu a bela Lívia que por acaso é namorada de seu irmão.
Neste momento, Alfredo libera sua total vontade de caçar e ganhar. Não só será um desafio que ele quer superar conquistar Lívia, como também inflar seu ego mostrando que é melhor amante que o irmão. Essa é a natureza dele. Quer tudo e ser superior a todos.

Mas tudo na vida traz consequências. E elas não serão agradáveis para Alfredo. Exilado da família e do Brasil e passa anos fora por alguns motivos que só lendo o livro você vai saber.
Mas uma hora Alfredo teria que voltar. E inevitavelmente se encontrar com as pessoas que ele causou mal. Essa parte será cativante acompanhar. Garanto.



Sobre o livro:

A autora A.C. Nunes é competente. Sabe o que faz e como faz. É o típico livro que entrega que promete, uma história bem montada, coerente, com reviravoltas empolgantes e momentos emocionantes. Não há excessos desnecessários deixando a leitura maçante.
Os personagens são bens construídos, coerentes com suas personalidades, as mudanças acontecem da maneira que deveria.

Arrisco a dizer que Nunes é uma escritora de qualidades como outras que vemos sendo publicada por grandes editoras e seus best sellers internacionais.

Eu adorei o livro e super indico. O acabamento gráfico da Editora Hope é primoroso. A revisão está no nível correto e vale os centavos gastos. Foi uma das minhas melhores aquisições em 2017.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.