Ads Top

[RESENHA #204] Caco, de Gilberto Mattje

Projeto "Juntando os Cacos" | Foto: Goiás Agora

CACO. MATTJE, Gilberto. São Paulo: Editora Alvorada, 126 p, 2014 ISB 978-851-760-315 / R$15

Caco é uma obra literária escrita pelo psicólogo e filósofo Gilberto Mattje, direcionada ao público infanto - juvenil das escolas públicas, com o objetivo de conscientizá-los, baseando-se no estilo de vida e conflitos do protagonista da história, Caco.
O título da obra, que é também o apelido do personagem principal, é nada mais que uma alusão à personalidade e ao "eu interior" do mesmo, que metaforicamente, encontra-se quebrado como cacos de vidro. Por mais que o garoto Caco e suas histórias sejam fictícios, estas retratam a realidade de muitos jovens brasileiros. O poder da obra está na intensidade com que o público-alvo se identifica com o enredo, levando os a um grande conflito pessoal no sentido de reflexão. Gilberto já havia escrito um livro com a mesma temática, que conta a história de Tosco e, além disso, teve forte repercussão. Sendo assim, Caco pode ser considerado uma continuação de Tosco.  Em Caco, o personagem principal é outro e sua história também, mas o objetivo do autor é o mesmo: levar os leitores a uma reflexão pessoal bem como a revisão de valores e conceitos. A bela jogada do autor foi ter inserido o protagonista de Tosco para participar ativamente da vida de Caco, não somente como um personagem a mais, mas, sobretudo, para ser um modelo a ser seguido por ele, um exemplo de vida e de sucesso que o leva confrontar-se consigo mesmo. Foi uma aposta que deu certo. Caco é uma obra tão bem sucedida, tal qual foi Tosco, porém, explora aspectos mais profundos, outrora não explorados nela. Dessa forma, podemos considerar Caco como sendo uma versão aprimorada da primeira obra. Para quem se interessou, é recomendável que leia primeiro o Tosco para, então, ler Caco.  A conexão entre as duas obras é fortíssima. Quem os ler, não se arrependerá!
Após o sucesso do livro "Tosco" nas escolas, Gilberto Mattje escreve mais uma história de narrativa leve e envolvente inspirada no cotidiano de jovens marcados pela procura de um sentido para suas vidas e dá continuidade a existência do personagem Tosco.  O livro instiga a auto percepção de atitudes, pensamentos, sentimentos e, consequentemente, o entendimento de si e do outro.

Projeto "Juntando os cacos".
No livro o personagem Caco busca soluções duvidosas para resolver seus problemas de adolescente. Com o psicológico abalado, Caco enfrenta dificuldades, mas também encontra a compreensão em uma pessoa, o Tosco, que agora é seu professor. Ele passou por várias dificuldades, problemas com a obesidade, fazendo qu se seu melhor amigo virasse o computador onde jogava constantemente, esquecendo-se de sua vida social.
Caco com o tempo começou a se sentir sozinho, já que seus pais não lhe davam carinho e a unica atenção que recebia era de sua irmã Nati, e como refúgio de seu mundo sem amor, carinho ou atenção, decide procurar ocupar-se com outros passatempos, como cigarro e comida.  Após um período de cárcere em casa tendo apenas o videogame como companhia, Caco decidiu que era hora de se tornar "fitness", e começou uma vida de exercícios precoce sem acompanhamento. Estes exercícios entraram em sua vida juntamente com o uso da maconha, e isso trouxe sérios problemas de saúde, e quem esteve ao seu lado? Nati e Cissi (sua namorada), com quem acabou tendo um filho precocemente, mas decidiram que ninguém deveria tomar conhecimento do caso, e assim fizeram.
Caco começou a afogar suas mágoas no álcool em más companhias, o que o levou diretamente para um grupo de apoio, e uma nova escola onde a direção era regida por Tosco, o que ocasionou uma amizade e consequentemente a mudança de sua vida. 
Enfim, o livro é basicamente uma sequência dos acontecimentos presentes em Tosco, as linhas se cruzam visceralmente por se tratar de uma mesma linha de raciocínio — problemas sociais, confusão sentimental, abandono e reclusão. O livro também é uma das obras trabalhadas em escola pública para alertar jovens sobre comportamento, escolhas e consequências.

***

Gilberto Mattje é gaucho de Horizontina, Rio Grande do Sul. Psicólogo, filósofo, mestre em Psicologia Social e da Saúde, além de professor universitário. Tosco é seu livro de estreia, lançado em 2009 em Campo Grande/MS, cidade onde vive e trabalha o autor.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.