Responsive Ad Slot

LANÇAMENTOS

lançamentos

[RESENHA #238] O dia em que o presidente desapareceu, de Bill Clinton & James Patterson

O ex-presidente Bill Clinton escreveu um thriller para lá de instigante juntamente com o maravilhoso James Patterson. O livro "O dia em que o presidente desapareceu", é uma narrativa densa e forte e veio para integrar o time de lançamentos da editora Record.

terça-feira, junho 12, 2018

/ by Vitor Lima
Foto: Acervo Pessoal


CLINTON, Bill. PATTERSON, James. São Paulo: Record. O dia em que o presidente desapareceu, 2018. 502p. / R$ 49,90

O mais novo lançamento do Grupo Editorial record está com tudo. "O dia em que o presidente desapareceu", é uma das obras mais emblemáticas e bem elaboradas já lançadas pela editora. A obra escrita pelo ex-presidente Bill Clinton e o best-seller James Patterson. Neste Thriller instigante Clinton e Patterson nos convidam a vivenciar o horror de se estar sob uma ameaça de terrorismo. O livro narra a possibilidade de um possível ataque sem precedentes na América. O medo e as incertezas tomam conta das autoridades que fazem de tudo para resolver este problema, porém, tudo se intensifica quando as investigações retornam para casa branca, indicando que SIM, há um possível delator dentre a investigação, até mesmo o presidente entra para lista de suspeitos, porém, desaparece em seguida.  A escrita instigante — e surpreendente — de Clinton é realmente avassaladoramente incontestável, é como unir o útil ao agradável: Clinton com sua experiência no comando de um país e Patterson com todo seu talento e influência.

Esta obra tem tudo para ser sua queridinha do ano. Patterson e Clinton desenvolvem em um ritmo ofegante, acelerado e para lá de bem humorado uma narrativa instigante e excitante de se acompanhar. A configuração das cenas propostas pelos autores se torna crescente, cada página é uma extensão da vontade que sentimos de prosseguir com a leitura. A obra é fácil de acompanhada, uma vez que conta com a coautoria de James Patterson, que tem experiência de sobra para dar vida a qualquer enredo.

O mais instigante em todo enredo é a forma com a qual ele foi estruturado e trabalhado, Patterson e Clinton deram vidas a um cenário para lá de perturbador. Ameaças terroristas, ocorrências para lá de oportunas, fora, claro, um ataque cibernético com vazamento de informações. O livro foi construído em uma base sólida de um fluxo de consciência dos personagens. É quase impossível conseguir identificar o real do imaginário nesta narrativa, e isto é o que nos faz apaixonar: a incerteza, já que trata-se de um thriller/drama policial.

Nenhum comentário

Talvez você se interesse...
© all rights reserved
made with by templateszoo