Responsive Ad Slot

LANÇAMENTOS

lançamentos

[RESENHA #273] A experiência do cinema, org. Ismail Xavier

Livro responsável por formar uma geração de cinéfilos retorna às livrarias com nova capa

quarta-feira, agosto 08, 2018

/ by Vitor Lima


Na antologia A experiência do cinema, Ismail Xavier reúne textos de teóricos, críticos, filósofos e cineastas das tradições francesa, anglófona, russa e alemã, produzidos entre 1916 e 1980. Assim, apresenta as principais teorias e uma abrangente reflexão sobre o cinema, revelando a diversidade de análises que têm marcado o pensamento sobre a experiência cinematográfica – desde as explicações básicas dos cineastas do princípio do século até as sínteses e novas propostas estéticas do pensamento contemporâneo.

Você provavelmente já se deu de cara com uma manifestação artística que tirou totalmente a sua concentração, bom, digamos que isto é no mínimo normal. Um quadro, uma música, uma dança e até mesmo um filme são capazes de nos tirar de uma zona de conforto e nos levar a incríveis reflexões. E claro, não podemos negar que o cinema é uma das manifestações mais bem elaboradas que temos nos dias de hoje. As produções cinematográficas trazem para tela a arte personificada em diversos sentimentos que pautam o nosso dia a dia, trazendo até nós: drama, suspense, romance, horror e paixão. Ah, o cinema, a manifestação artística que mais fala do humano, e talvez, só talvez, seja por isso que nos toca tanto.

É claro que a experiência do homem com o cinema vai muito além de uma tela gigante, um enredo muito bem elaborado e um fluxo de sensações, há também o sentimento que liga ambos. Mas, como isso se dá de fato? Como funciona a interação entre espectador e a fantástica tela grande? Qual o real papel do cinema sobre a sociedade? Você sabe? Se não, te convido a conhecer uma antologia fantástica, intitulada “A experiência do cinema”, organizada por Ismail Xavier.

Organizado pelo teórico e professor de Cinema Ismail Xavier, A Experiência do Cinema (Editora Paz & Terra) foi publicado originalmente em 1983 e contendo diversos textos produzidos entre 1916 e 1980. A antologia é dividida em três partes. A primeira foca nas questões mais técnicas do Cinema, a segunda fala sobre a interpretação subjetiva do espectador diante da linguagem cinematográfica e a terceira retrata mais o lado psicológico e social da sétima arte.

O livro aborda questões interessantíssimas com relação a como se dá determinado acontecimento em uma época “x”, apresentando assim, diversos pontos de vista. Iremos compreender com objetividade como se dá o relacionamento entre o processamento de quem assiste as imagens, com quem produz. Existem algumas questões filosóficas que nos fazem pensar acerca da produção cinematográfica no campo social. O livro apresenta textos muito antigos e outros muito recentes, talvez seja para que o autor veja as nuances que ocorreram durante o período de percurso da sétima arte nas telas. Não é algo explícito, mas o livro aborda dois períodos distintos para ressalvar alguns pontos importantes dentro do cinema, o primeiro, talvez aborda as questões voltadas para a produção do cinema, levando sempre em consideração as questões técnicas, já a segunda parte, constituída por textos mais recentes, leva-nos a uma série de reflexões acerca da importância do cinema no meio cultural, artístico e filosófico.

Para quem deseja aprofundar-se neste maravilhoso mundo da sétima arte, esta antologia organizada por Isamail Xavier é uma leitura indispensável para que se compreenda a importância e relevância do cinema no meio cultural contemporâneo e extemporâneo.  Ah, vale ressalvar que este livro foi publicado este ano (2018), e antes desta publicação através de um dos selos do Grupo Editorial Record, não se encontravam edições desta obra, então aproveitem.

Nenhum comentário

Talvez você se interesse...
© all rights reserved
made with by Google