Responsive Ad Slot

LANÇAMENTOS

lançamentos

Ainda não viu? 10 excelentes motivos para se ver Atypical

Adélia, Antártico, Imperador, Gentoo

segunda-feira, outubro 08, 2018

/ by Vitor Lima


Sam é um garoto autista de 18 anos, que encorajado por sua psicóloga, decide procurar uma namorada. Além de buscar mais independência e autoconhecimento, também começa a se ver envolvido na sua primeira história de amor, enquanto vários problemas ocorrem em torno do dia a dia da família.
Na primeira temporada, Sam está em busca de uma namorada, por motivação de sua psicóloga Júlia, quem o aconselha. Cursando o ensino médio, ele não tem muitas amizades, além de Zahid, seu amigo de trabalho — um galanteador muito divertido — e sua irmã, corredora e um tanto protetora.
Na segunda temporada, os pais de Sam — Elsa e Doug — encaram os desdobramentos de uma crise no casamento. Caisey tenta se adaptar à nova escola e fazer novos amigos. Sam se prepara para a fase pós-formatura.
É infinito o número de motivos pelos quais você deve assistir Atypical, e pensando nisso, separamos aqui dez excelentes motivos pelos quais a série deve ser levada a sério.

1)   SÍNDROME DE ASPERGER
Imagem: NetFlix

Você sabe a diferença entre a síndrome de asperger e autismo? O autismo e a síndrome de asperger possuem similitudes, porém, na síndrome de asperger (ou T.A) os jovens possuem uma capacidade cognitiva maior com relação aos diagnosticados com autismo, que chegam a possuir uma base cognitiva a ser trabalhada com paciência e aos poucos, e há um atraso no retorno comunicacional na linguagem. Saber diferenciar um do outro é o primeiro passo para se compreender o universo do outro com relação ao diagnóstico, é muito fácil julgar o próximo quando se ele é diferente, porém, isso se torna ainda mais fácil quando procuramos nos habituar e pesquisar sobre o assunto. Não é? O primeiro motivo é este: conhecimento acerca da vida de um garoto dentro do espectro e suas limitações. Conhecimento é tudo.

2)  ALTERIDADE 
Imagem: NetFlix
Alteridade é o termo que define o sentimento de um ser pelo outro, colocando-se sempre a mercê de suas necessidades, ou seja, alteridade é ser humano, colocando-se na posição do outro sem julgamentos precipitados. Nesta série, o protagonista, Sam, está passando por uma fase importante em sua vida, e isso, claro, evoca suas limitações, uma vez que ele precisará vencer uma infinidade de barreiras que uma pessoa fora do espectro não possui. Sam terá que trabalhar sua sociabilidade mais do que nunca, uma vez que sua vida está apenas voltada para família, psicóloga e escola. Aqui, iremos notar que o espaço do outro deve ser reconhecido e valorizado SEMPRE, afinal, nunca se sabe de fato pelo o que o outro está passando.

3)  ADÉLIA, ANTÁRTICO, IMPERADOR, GENTOO 
Imagem: NetFlix
Não são nomes comuns em nosso dia a dia, mas fazem todo sentido para Sam. Adélia, Antártico, imperador e Gentoo são as quatro maiores raças de pinguins do antártico. Elsa, mãe de Sam, o ensinou desde cedo pronuncia-las para quando estivesse em situação de estresse, e aparentemente, funciona. O motivo da escolha das palavras não foi aleatório, Sam é apaixonado por pinguins, gelo, ártico e tudo o que envolve o frio. Se você também é fã, está ai um excelente motivo para assistir, né non?


4)  REALIDADE PARALELA 
Imagem: NetFlix
Chamamos de paralelo tudo aquilo o que está diagonalmente oposto ao que vivemos em nosso cotidiano. E com toda certeza esta série está paralelamente oposta a tudo o que estamos habituados, aliás, para quase todos nós. Enxergar a vida alheia além do normativismo imposto pela sociedade é o primeiro passo para se compreender a existência da diferença na sociedade. Pessoas com diagnosticadas dentro do espectro possuem um comportamento diferenciado, e este comportamento, rendem muitos olhares feios e pré-conceitos acerca dos indivíduos. Compreender os sintomas, o modo de agir e a existência da pluralidade é o primeiro passo para se estabelecer a ponte da igualdade.

5)  DURAÇÃO E INTENSIDADE
Imagem: NetFlix
Os episódios desta série não chegam a durar 35 minutos, o que a faz perfeita para quem deseja acompanhar uma série curta e intensa. Atualmente a série conta com duas temporadas e todos os episódios focam na vida de Sam e em como isso afeta sua família. Uma série intensa, repleta de aprendizados. Vale o Play.

6)  ATÍPICO
Imagem: NetFlix
Você já se perguntou o que o nome da série significa ou ainda não tinha pensado nisso? Atípico é o termo utilizado dentro da psicologia, neurologia e psiquiatria para designar pessoas dentro do espectro do autismo. Aqueles que não estão englobados dentro deste termo, ou seja, os que não estão dentro do espectro, são chamados de neurotípicos. O significado traz uma carga especial para a série agora, né non?

7)  ZAHID 
Imagem: NetFlix

Está ai um excelentíssimo motivo. Zahid é o melhor amigo de Sam e trabalha com ele na Techtrópoles. Quando Sam não está ouvindo os conselhos de sua psicóloga Júlia, Sam está ouvindo os sábios conselhos de Zahid, um amigo empenhado em ajudar sempre que necessário. O que mais cativa neste personagem é sua facilidade em tratar todos totalmente iguais, ele não faz acepção de pessoa para pessoa, ele é humano com todas, inclusive com Sam. Ele o entende e o protege sempre que necessário. Realmente, um exemplo de ser humano.

8) PAIGE 
Imagem: NetFlix
Paige é a segunda pessoa de toda a série a enxergar Sam além do autismo. Ela é simplesmente uma das alunas mais inteligentes da série, e claro, apaixonada por Sam. Durante a série iremos avaliar o comportamento de Paige com relação à condição de Sam, uma vez que ela está o conhecendo agora e não está habituada a sua sinceridade desenfreada e ao seu estilo diferenciado. Ah, e claro, não podemos esquecer de dizer que ela NUNCA abandona o Sam, nunquinha. Um amor genuíno.

9)    SINCERIDADE DESENFREADA
Imagem: NetFlix
Sam não mente, nunca, jamais, em hipótese alguma, ele é simplesmente autêntico e anti-mentira. Sam não é o tipo de pessoa que pensa no que vai dizer ou na forma como irá dizer, ele simplesmente diz. Isso é uma característica que rende boas risadas, uma vez que nem sempre ele tende a escolher os momentos apropriados para fazê-los.

10)           SAM É UM MOLDE A SER SEGUIDO
Imagem: NetFlix

Durante a série notamos que uma pequena porcentagem de alunos e pessoas que conhecem o Sam tende a buscar informações e conhecimento acerca de sua condição para uma melhor aceitação, mas estamos sempre presenciando Sam buscando conhecimento acerca de como funciona o mundo dos neurotípicos para se enquadrar na sociedade. Realmente, um modelo a ser seguido.

E ai, tá bom ou quer mais motivos para descer para o play?

Nenhum comentário

Talvez você se interesse...
© all rights reserved
made with by Google