Responsive Ad Slot

LANÇAMENTOS

lançamentos

[RESENHA #277] Revolucionário e gay: A extraordinária vida de Herbert Daniel

Uma vida dedicada à luta por um país mais igualitário e digno para todas as pessoas

sábado, outubro 06, 2018

/ by Vitor Lima


GREEN, James N. Revolucionário e gay: A extraordinária vida de Herbert Daniel – Pioneiro na luta pela democracia, diversidade e inclusão. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018. 378 p. v. 1.

SINOPSE

Herbert Daniel foi um importante personagem na luta pela democracia. Na juventude, em meados de 1960, integrou grupos políticos de esquerda, como o Polop, Colina, VAR-P e a VPR, da qual foi um dos líderes, ao lado do comandante Carlos Lamarca. Mas a atuação revolucionária no campo político contrastava com a repressão de sua homossexualidade, que sentia como um “exílio interno”, como descreveu depois. Apenas em seu segundo exílio, na Europa, na década de 1970, foi capaz de assumir o relacionamento com o homem que se tornaria seu companheiro e o amor de sua vida, Cláudio Mesquita. 
Um dos últimos brasileiros a serem anistiados, ao retornar ao Brasil em 1981, engajou-se na política eleitoral e no ativismo em defesa do meio ambiente e dos direitos das mulheres, dos homossexuais e da população negra e indígena. Foi ele também um dos responsáveis por articular em todo o país o movimento pela garantia dos direitos de pessoas que vivem com HIV/aids – ação que lhe deu reconhecimento internacional. Faleceu em decorrência de complicações causadas pela aids, em 1992. 
Herbert Daniel aparece como uma ponte vital que liga antigos revolucionários e novos ativistas de movimentos sociais. Neste livro, o historiador James N. Green apresenta a vida dessa extraordinária e incansável figura, que se dedicou a tornar o mundo melhor e mais digno para todos. Ao mesmo tempo, o autor oferece detalhes sobre como os grupos revolucionários contra o regime militar se articulavam, como era a vida durante a ditadura – no Brasil e no exterior – e como se deu e o que estava em jogo nos processos de anistia e abertura democrática. 

RESENHA

Herbert Daniel foi uma figura significativa e complexa na política revolucionária esquerdista e ativismo social de meados da década de 1960 até sua morte em 1992. Herbert revolucionou a luta pelos direitos democráticos e sociais ao defender mulheres, indígenas, negros, gays e por ser desfavorável à discriminação de pessoas com HIV/aids. Durante sua trajetória de vida, Herbert passou por dois exílios, o primeiro deles foi o exilio de ter que esconder sua identidade sexual de seus companheiros enquanto servia uma organização guerrilheira, este fato, Daniel chamou de “exílio interno”, o segundo exílio deu-se após uma repressão governamental, o obrigando a viver grande parte da década de 1970 na Europa, retornando ao Brasil em 1981 com ideais políticos fortes e uma militância que o fez conhecido ao redor do globo. Green utiliza a vida de Herbert como referencial para os novos movimentos sociais da atualidade que possuem uma mesma finalidade na busca pelo direito das minorias. Herbert é visto como o retrato completo e dinâmico do compromisso com a democracia e igualdade.
Green é conhecido por desenvolver diversos livros que abarcam a temática das problemáticas sociais, o livro sobre Herbert Daniel não foi à primeira obra do autor a retratar a imagem do homem gay do Brasil, o autor também escreveu um livro intitulado “Beyond Carnival: Male Homosexuality in Twentieth-Century Brazil” [tradução: Além do carnaval: a homossexualidade masculina no século XX no Brasil], onde o autor evoca o sentimento de compaixão por parte do leitor, os levando a identificar as inúmeras dificuldades enfrentadas pelos homossexuais brasileiros, desfazendo de todo aquele mito que se tem acerca da identidade libidinosa aflorada no carnaval brasileiro, onde tudo o que se vê é sol, areia, pão de açúcar e homens se pegando. Green é uma voz ativa na luta pela democracia e pela liberdade de direitos cívicos, seus livros trazem a tona um grito de socorro em nome da comunidade +LGBTQI do Brasil, seus manuscritos são sempre voltados para a valorização da figura masculina e desmistificação das identidades criadas falsamente por idealistas moralistas. Se levarmos este segundo manuscrito em consideração, poderemos estabelecer o paralelo da escrita de Green, onde o autor traz à tona a vida de Herbet Daniel como forma de expor a situação brasileira com relação à identidade sexual. Sim, muito já se foi conquistado, mas muito não é o suficiente. É necessário militar em busca de mudanças e vozes ativas, e estes livros trazem a tona toda coragem que necessitamos para irmos às ruas. O livro sobre Herbert Daniel é o primeiro passo para se desmistificar a fantasia que o estrangeiro tem acerca do homem homossexual brasileiro desinibido e libidinoso, onde se vive uma vida plena em uma sociedade que aceita uma identidade sexual fluida. É necessário trazer a tona os obstáculos sociais que confrontam os homossexuais. Desde o final do século dezenove até a ascensão de um movimento politizado esquerdista em favor de gays e lésbicas, a subcultura homossexual vem sofrendo drasticamente com estas mudanças no social. Todo este cenário estudado por Green sobre a perspectiva de vida de Herbert Daniel tem se mostrado prolífica, pois a escrita torna-se palpável do início ao fim e é possível compreender o preconceito arraigado no Brasil, e convenhamos, a vida de Herbet Daniel é realmente um marco a se comemorar e se recordar, ele foi um homem que esteve a frente de seu tempo e lutou em favor de uma classe que era (e ainda é) extremamente desvalorizada.
Esta biografia acerca da vida do ativista Herbert Daniel é de fato um emaranhado de questões a se pensar. A escrita cativa da capa à contracapa. A escrita de Green acerca de Herbert e da comunidade +LGBTQI é sublime e nota-se um cuidado minucioso ao abordar temas tão complexos e difíceis de desenvolver. O livro é realmente um guia de autoajuda para aqueles que desejam obter forças para se manterem firmes em favor de movimentos sociais — ou se engajar em algum —.

Nenhum comentário

Talvez você se interesse...
© all rights reserved
made with by Google